cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing Dissertation Writing service Buy Dissertation Online Cheap dissertation writing Cheap dissertation writing cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap essay writing Essay Writing Service cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap dissertation writing service cheap essay writing service cheap dissertation writing cheap dissertation writing cheap essay writing service cheap dissertation writing service cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing MESTRANDA DO PPGE ESTUDA PEIXES RECIFAIS ASSOCIADOS A CURRAIS-DE-PESCA NO LITORAL NORTE DE PERNAMBUCO | Programa de Pós Graduação em Ecologia

MESTRANDA DO PPGE ESTUDA PEIXES RECIFAIS ASSOCIADOS A CURRAIS-DE-PESCA NO LITORAL NORTE DE PERNAMBUCO

Os ambientes recifais abrigam uma alta biodiversidade marinha, no qual podem-se destacar os peixes, afirma a bióloga Sirlei da Costa Queiroz, orientanda da Profa Ana Carla Asfora El-Deir. No litoral norte do estado de Pernambuco, mas precisamente na Ilha de Itamaracá, encontram-se recifes de arenito paralelo à costa, e dispõe também de currais, que é uma arte de pesca feita de madeira e tela, fixadas no substrato marinho. Assim como os recifes naturais, os currais apresentam uma grande riqueza de espécies em torno de sua estrutura. Desta forma, o objetivo da dissertação da mestranda Sirlei Queiroz foi caracterizar a comunidade de peixes que estão presentes nos recifes e currais, verificando assim se a estrutura física dos currais pode aumentar a complexidade ambiental.

Foram selecionados três currais e três áreas de recife de arenito para o registro mensal da assembleia de peixes, no total foram realizados 36 transectos com 50 metros de comprimento e 2 metros de largura, abrangendo uma área total de 100 m2. As espécies observadas foram classificadas de acordo com o nível trófico, hábito de vida, habitats preferências e seu status de conservação. A complexidade estrutural foi verificada através do protocolo de Habitat Assessment Score (HAS), a composição do substrato foi caracterizada ao longo dos transectos, observando pontualmente o tipo de cobertura a cada 0,5m durante o transecto. A partir do censo subaquático foi calculado o índice de diversidade, riqueza e abundância da ictiofauna presente nas áreas de recife e de curral, estes índices foram utilizados para comparar as duas áreas através de testes não paramétricos. O dimensionamento multidimensional não-métrico (NMS) foi usado para plotar graficamente a distribuição das espécies e relacionar os principais parâmetros ambientais que interferem na distribuição dos peixes.

Verificou-se, neste estudo, que a cobertura bentônica dos recifes teve a predominância de macroalgas, já os currais tiveram uma alta porcentagem de areia e cascalho. A complexidade do substrato apresentou diferença significativa entre as áreas de recife e curral. Foram registradas 3730 espécimes de peixes distribuídos em 24 famílias e 45 espécies, onde a maior riqueza e abundância de espécies foram registradas nas áreas de curral, apenas a diversidade entre as duas áreas não variou significativamente. Através da análise de MNS verificou-se que os parâmetros ambientais: profundidade, visibilidade e a composição do substrato influenciaram a ocupação dos peixes nas áreas de curral. Com base nos dados de abundância, riqueza de espécies e diversidade verificou-se que o curral tem um grande potencial para assentamento da ictiofauna local.