Dissertation Writing service Buy Dissertation Online essay writing service cheap essay writing Egressa e Docente do PPGE publicam artigo sobre anêmonas do Atlântico Sul Ocidental, na Marine Biodiversity | Programa de Pós Graduação em Ecologia

Egressa e Docente do PPGE publicam artigo sobre anêmonas do Atlântico Sul Ocidental, na Marine Biodiversity

O artigo “Distribution of sea anemones in the Southwest Atlantic: biogeographical patterns and environmental drivers”, de autoria da mestra Alessandra Karina Gomes Targino, formada pelo Programa de Pós-graduação em Ecologia e orientada pela Profa. Paula Braga Gomes, foi publicado pela revista Marine Biodiversity.

O artigo é fruto da pesquisa de dissertação da mestra e explorou os padrões de distribuição de anêmonas-do-mar de águas rasas no Atlântico Sul ocidental. Através de análises de composição da anemonofauna os resultados mostraram uma maior similaridade da fauna brasileira com a do Caribe, e mais distante em semelhança da Argentina. Com isso foi possível identificar possíveis barreiras que afetam a distribuição das espécies como o Rio da Prata e correntes. Além disso, o trabalho observou que a temperatura é um importante modelador para a distribuição das anêmonas-do-mar no Brasil. Analisando a riqueza do Atlântico Sul ocidental, foi encontrada uma maior concentração de espécies no sudeste do Brasil, e utilizando métodos de rarefação observou-se que esse pico na riqueza não está ligado ao número de pesquisas na região. Provavelmente fatores abióticos, ecológicos e dinâmica de correntes confluem para origem e manutenção de espécies na região, confirmando assim a presença de um centro de diversidade no Atlântico Sul Ocidental. Essa pesquisa traz informações inovadoras e respostas para a distribuição de anêmonas-do-mar e pode ser também usada como modelo para outros grupos de invertebrados marinhos. Além disso, espera-se que essa pesquisa sirva como alicerce para novas que investigações biogeográficas e ecológicas para o grupo no Atlântico Sul.

Essa pesquisa foi realizada no Laboratório de Ecologia e Conservação de Ecossistemas Marinhos – LECEM, que faz parte do Grupo de Pesquisa em Antozoários. Só foi possível ser realizada devido ao apoio da Coordenação de Pesquisa e Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Fundação do Amparo a Ciência e Tecnologia (FACEPE) e do Museu Nacional (MNUFRJ).

Para acessar ao artigo, clique aqui.